Você já manifestou seu desprezo pelo Whatsapp hoje?

3 views
Skip to first unread message

Irapuan Martinez

unread,
Dec 14, 2021, 10:00:38 AM12/14/21
to Lista ArqHp
WhatsApp é tão ruim, mas tão ruim, que ajudou a eleger o Bolsonaro.

Mas isto nunca foi uma feature do software. Ele é também ruim na implementação.

Troquei o molecular da diva, um iPhone por outro. Quem precisa de dois rins hoje em dia?

Transição suave, exceto de quem? De quem vocês pergunta? Quem, quem, quem?

Dele mesmo, o zapizapi! Geeks são amaldiçoados: Leigos trocam de celular e que se dane o histórico. Na loja abrem um e-mail novo no ecossistema e resolvido. Micreiro não, quer migrar como expressão de arte. Tem que ser perfeito.

E nem é tão complicado: Android e iPhone novos “sentem” próximos com o celular antigo e migram contas, apps, senhas de wi-fi, registro de dispositivos bluetooth. Até o papel de parede.

Mas o histórico de conversa do WhatsApp? Tecnicamente, você faz o backup, tira o chip GSM, coloco no novo aparelho, habilito a conta do WhatsApp e puxam o backup.

Okeydokey? Nah. 38gb de dados por wi-fi. E sim, nenhuma mídia está indo junto. Lento como o diabo.

Se alguém acha que isso é demais, eu detesto WhatsApp, não participo de grupo de família ou debates, me manda bom dia eu bloqueio: 8gb. Ou seja, chegar nos 38gb é questão de tempo.

Já tem duas noites tentando fazer o backup. Durante o dia, na rua, por dados, não funciona e nem seria inteligente. Minha esposa continua com o celular antigo pelo WhatsApp ser a porcaria que é.

=x=

Tentando achar uma alternativa, descubro que o WhatsApp achou uma solução para um defeito: Ao migrar de plataforma, você perdia o histórico de conversa.

A boa notícia: No iPhone, você agora pode exportar o histórico para o Android.

A má notícia? No iPhone, você agora pode exportar o histórico para o Android. Mas só no sentido iPhone » Android.

No Android, não tem o recurso para exportar para iPhone.

Pensei em similar a exportação para trazer manualmente ao invés da nuvem, mas não tem jeito.

WhatsApp é tão mal implementado que acho que os filhos do Bolsonaro que o operam.

Guilherme Silva

unread,
Dec 14, 2021, 11:42:33 AM12/14/21
to ar...@googlegroups.com
sem querer ser estraga prazer, até porque um dos meus passatempos favoritos é falar mal do whatsapp, mas aparentemente ele salva o histórico agora na nuvem tb. Quando você acessa o whatsapp web, pelo menos vem uma cacetada de seu histórico... mas tem que habilitar o beta....imagino que depois de habilitado, migrar de celular deveria ser fácil.

Mas como é o whatsapp, eu não garanto.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "ArqHP - Arquitetura de home pages" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para arqhp+un...@googlegroups.com.
Para ver essa discussão na Web, acesse https://groups.google.com/d/msgid/arqhp/CAFu4B9roiMHtNjah56DMoReY0VJxBXU8uP2Yb6Qm-aqqi0UZKQ%40mail.gmail.com.

Mauricio Fagundes

unread,
Dec 14, 2021, 11:51:37 AM12/14/21
to ar...@googlegroups.com
Em ter., 14 de dez. de 2021 às 13:42, Guilherme Silva <guilherm...@gmail.com> escreveu:
sem querer ser estraga prazer, até porque um dos meus passatempos favoritos é falar mal do whatsapp, mas aparentemente ele salva o histórico agora na nuvem tb. Quando você acessa o whatsapp web, pelo menos vem uma cacetada de seu histórico... mas tem que habilitar o beta....imagino que depois de habilitado, migrar de celular deveria ser fácil.

O meu é falar mal do bitcoin, hahaha. Mas sobre isso do whatsapp web, a menos que tenha mudado (e não acredito) ele não salva nada na nuvem. Ele vai no seu celular, pega lá suas conversas e exibe. É apenas uma espécie de interface web do seu celular (tanto que não funciona se seu celular não estiver conectado).

Em tempo: acho até mais divertido falar mal do whatsapp. Bicoin não é a minha praia, eu só tenho mesmo é uma certa pinimba com ele. Seria recalque por não entender? Não sei.
 
--
Mauricio Fagundes

Irapuan Martinez

unread,
Dec 14, 2021, 1:48:25 PM12/14/21
to Lista ArqHp
Em ter., 14 de dez. de 2021 13:42, Guilherme Silva <guilherm...@gmail.com> escreveu:
as aparentemente ele salva o histórico agora na nuvem tb.

Mas é este que está lento.

Por default, ele faz o backup na nuvem do ecossistema (por isso a migração de plataforma perde o histórico). Por default também o faz diariamente, se conectado por wi-fi, às duas da matina.

O da minha esposa não faz o backup diário deste o dia 1º de Dezembro.



Quando você acessa o whatsapp web, pelo menos vem uma cacetada de seu histórico... mas tem que habilitar o beta....imagino que depois de habilitado, migrar de celular deveria ser fácil.

Ele andou lançando alguns novos recursos que eu não testei (provavelmente, porque o uso o mínimo possível). 

Mas antes, o histórico web é o acesso na nuvem do histórico do celular, habilitado apenas se o celular estiver on line.

Se eu habilito o celular zerado e ele por acaso executar um backup, ganho de brinde um set null.


Mas como é o whatsapp, eu não garanto.

WhatsApp é como a primeira versão da motosserra: Útil, mas vai precisar de muitas versões até ficar à prova de idiotas.

Irapuan Martinez

unread,
Dec 14, 2021, 1:53:45 PM12/14/21
to Lista ArqHp
Em ter., 14 de dez. de 2021 13:51, Mauricio Fagundes <mauricio...@gmail.com> escreveu:
ele não salva nada na nuvem. Ele vai no seu celular, pega lá suas conversas e exibe. É apenas uma espécie de interface web do seu celular (tanto que não funciona se seu celular não estiver conectado).

Anos atrás, o Google fez exatamente esta treta pra fazer interface com o SMS (http://messages.google.com).

Ninguém lembra porque exceto o pessoal pedindo para eu atualizar cadastro em bancos que eu não tenho conta, nenhuma pessoa física usa mais SMS.

Faz sentido com o SMS porque ele não está on line. WhatsApp, porque eles não querem gastar servidor.


Em tempo: acho até mais divertido falar mal do whatsapp. Bicoin não é a minha praia, eu só tenho mesmo é uma certa pinimba com ele. Seria recalque por não entender? Não sei.

Bitcoin não ajudou a força tarefa brasileira de promoção ao Corona Vírus.

Guilherme Silva

unread,
Dec 15, 2021, 4:06:50 PM12/15/21
to ar...@googlegroups.com
Mas antes, o histórico web é o acesso na nuvem do histórico do celular, habilitado apenas se o celular estiver on line.

Se eu habilito o celular zerado e ele por acaso executar um backup, ganho de brinde um set null.

Então. 

A versão beta (que tem de ser ativada) permite que você baixe os dados se o celular não estiver online. Não é mais apenas um mirror do WhatsApp, e é por isso que acredito que algo tenha mudado e que a partir de determinado momento o whats passou a gravar os dados históricos na nuvem.

Mas eu só usei o WhatsApp web. Como funciona a ativação de novos dispositivos é ilação porque seria absurdamente simples a migração dos dados caso você tenha os mesmos na nuvem.

Mas, como é o WhatsApp,  ser possível ou ser implementado são duas variáveis independentes. 

Irapuan Martinez

unread,
Dec 16, 2021, 7:20:05 PM12/16/21
to Lista ArqHp
Conversando com um amigo, ele estava falando do sogro, bolsonarista de ir no Sete de Setembro para Brasília “autorizar” o Bolsonaro a dar autogolpe e ignorar a carta escrita no dia 9 dizendo “Foi mal, tava doidão”.

O sogro dizendo que a imprensa inteira não prestava, meu amigo questionou como ele saberia das notícias.

— Notícia que importa, chega até a mim.

Ou seja, pelo WhatsApp. Sem filtro, checagem ou que seja pelo menos, razoável. 

Verdade então, é pedir demais.

=x=

Antes de ontem, pela manhã, uma agência de fact checking publicou que não era verdade que um corredor gringo de Fórmula 1 manifestou apoio ao Bolsonaro, o reconhecendo como melhor presidente que o Brasil já teve.

Este é o status da humanidade: alguém inventou que um chofer luxuosíssimo é tão politizado que se preocupa com a política brasileira… E apoia o pior presidente que a República já teve.

E outro alguém precisa desmentir isto.

=x=

Anos atrás comecei ler um livro do economista Eduardo Giannetti, “Auto-Engano”. Tinha a transcrição de um debate de um grupo de estudo, aonde começavam com a questão: Por que o Iluminismo fracassou? 

2 séculos depois, a humanidade ainda não leva o esclarecimento a sério.

Vide brasileiros tentando combater uma pandemia virótica com virilidade (?), patriotismo (??) e valores liberais (??????).

=x=

Ontem o Telecine passou “The Post”. Este filme sempre me atinge. 

Houve uma época que pessoas se esclareciam lendo escritores profissionais.

Diariamente.

Sempre achei existir uma correlação entre linguagem e qualidade de pensamento. Uma questão de repertório.

Acho tão profundo que vejo terapia como meramente um exercício linguístico. Na hora que você expressa seus sentimentos, você os desentocaia e tudo aquilo que era causado por estarem presos, acaba.

Hoje os jornais estão em crise. 

=x=

Há 10 dias atrás, no maior shopping de Goiânia, fechou a livraria Saraiva. Fava contada, a rede estava no vinagre há anos.

Antes havia duas livrarias neste shopping, Fnac e Saraiva. Agora não tem nenhuma. 

Não aconteceu exatamente por não haver mais leitores. A gestão do negócio era um pesadelo. Já pendurados, assumiram o passivo da operação da Fnac, que desistiu do Brasil.

Mas mesmo se o Bezos tivesse assumido, depender de leitores não é exatamente um negócio que escala.

=x=

Hoje estamos trocando a imprensa escrita pelo WhatsApp. Paramos de formar leitores para formar um espécime desprezível que ostenta orgulho da própria ignorância.

Sem leitores, não temos pensadores. Sem pensadores, o que nos resta?

Se eu fosse destacar a maior invenção da humanidade, eu diria que foi a urbe. Afinal, o que é um computador? É quando você amontoa um monte de operadores lógicos próximos o suficiente para conseguirem trabalhar.

Cidades foram os primeiros computadores. Os indivíduos eram as chaves lógicas. Na massa, favoreceu o processamento de dados em volume e velocidade.

Quando se para de ler e então para de pensar, urbe só vira um ambiente infernal com gente demais próxima demais. Uma caldeira sob pressão.

O WhatsApp não está destruindo a civilização. Mas está participando ativamente. Estamos fracassando à olhos vistos em democracia, valores liberais e esclarecimento — o ideal iluminista — e o WhatsApp é o meio aonde isso está ocorrendo.

=x=

E a migração do histórico do WhatsApp para o celular novo? Ontem chegamos em casa e ao longo do dia, progrediu para 60% do backup feito do celular antigo.

Intuí que de madrugada, com a banda ociosa, conseguiria acabar o backup. De manhã checo o backup.

Estava em 28%.

Sério.

Desistimos de manter as mensagens recentes e migro de celular. Ao ativar o WhatsApp no novo aparelho, ele puxa o backup.

Descubro então que os 38gb eram mensagens + mídia. E que ele faria o download prioritário das mensagens de texto e depois, em segundo plano, baixaria as mídias.

500mb de texto.

O pior? Nas configurações, está setado para não becapear mídia. Ele becapeia mesmo assim.

500mb desceu fácil? Claro. Que não. Só depois de resetar o celular ele conseguiu destravar a tela de download do app, após o fim do download.
Reply all
Reply to author
Forward
0 new messages