É por isso que não podemos ter coisas legais

11 views
Skip to first unread message

Irapuan Martinez

unread,
Apr 13, 2021, 4:15:46 PMApr 13
to Lista ArqHp
Tributaristas sobre o Orçamento de 2021: “Peça de ficção”. Pedalaram rude para caber num orçamento queda da atividade econômica e aumento das despesas — alguém tem que pagar pela aprovação do Bolsonaro.


Para fazer a peça de fantasia decolar, Paulo “Posto Ipiranga” Guedes ZEROU o orçamento de trecologia do Banco Central.

Isto simplesmente vai tirar o PIX do ar. Pois diferente do DOC e TED, compensado entre os bancos, PIX é processo pelo Banco Central.

Bons tempos que criatividade em orçamento público derrubava presidentes. Como o interesse é apostar a corrida eleitoral com o pangaré morto do Bolsonaro, que o Brasil se lasque até 2023.

Jony - GMail

unread,
Apr 13, 2021, 4:51:57 PMApr 13
to ar...@googlegroups.com
Impressionado com a fonte ... como pode, misericórdia.
--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "ArqHP - Arquitetura de home pages" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para arqhp+un...@googlegroups.com.
Para ver essa discussão na Web, acesse https://groups.google.com/d/msgid/arqhp/CAFu4B9p9qdd3a5xZKu3i-Tge%3D7LX3hn%3DO5GqCd_Mi_b0eCrRAQ%40mail.gmail.com.

Irapuan Martinez

unread,
Apr 13, 2021, 4:54:33 PMApr 13
to Lista ArqHp
O que tem a fonte?

Irapuan Martinez

unread,
Apr 14, 2021, 2:11:42 PMApr 14
to Lista ArqHp
https://invest.exame.com/mf/pix-vai-parar-por-falta-de-dinheiro-veja-o-que-diz-o-bc

Procurada pela EXAME Invest, o Banco Central afirmou que os impactos no orçamento do BC serão administrados de modo a não prejudicar o Pix e sua agenda evolutiva. 

=x=

Vai parar? Fiquem tranquilos. Vai parar e ninguém vai ficar sabendo.

Ontem tentei pagar um prestador de serviço. O PIX do BB apresentou um truque novo: “Pix em processamento”. Hm? Não era em “tempo real”?

Um minuto depois, SMS avisando que o PIX não foi. Tentei outras três vezes — uma delas, pelo Itaú. O Itaú do dei uma mensagem genérica de erro.

Só no decorrer da manhã, PELA IMPRENSA, soube que o banco destino, Nubank, estava com o PIX instável.

Bancos não são ciosos em dar mensagens de erro que sirvam para alguma coisa. 
Message has been deleted

Irapuan Martinez

unread,
Apr 14, 2021, 3:41:18 PMApr 14
to Lista ArqHp
On Wed, Apr 14, 2021 at 4:32 PM Antonio Jozzolino <ant...@jozzolino.com.br> wrote:
Anexando a captura de tela.
Não existe opção de pagamento com cartão de crédito.

Tem quem queira faturar e favorece todos os meios. E tem quem queira provar um ponto.

O único que conseguiu ser os dois foi Elon Musk, cuja Tesla só viu lucro no dia que virou uma corretora de crypto.

Guilherme Silva

unread,
Apr 14, 2021, 6:50:04 PMApr 14
to ar...@googlegroups.com

Não existe opção de pagamento com cartão de crédito.

Eu não consegui ver direito o que era, mas tinha um crypto no canto pelo que vi. Tem uma razão para você não aceitar cartão de crédito em operações financeiras que podem fazer você perder todo seu dinheiro em segundos: chargeback.

Se alguém puder entrar, apostar, perder ou ganhar, transferir novamente para a conta para só depois descobrir se o cartão era dele ou de um terceiro que vai alegar que não sabia de nada (normalmente se perde, poisse ganha a comissão compensa)... então você não vai aceitar crédito.

Não é uma dificuldade das criptos, nem nada, é uma fragilidade do crédito para quem você não conhece.

Irapuan Martinez

unread,
Apr 14, 2021, 7:47:07 PMApr 14
to Lista ArqHp
On Wed, Apr 14, 2021 at 7:50 PM Guilherme Silva <guilherm...@gmail.com> wrote:
Não existe opção de pagamento com cartão de crédito.

Eu não consegui ver direito o que era, mas tinha um crypto no canto pelo que vi. Tem uma razão para você não aceitar cartão de crédito em operações financeiras que podem fazer você perder todo seu dinheiro em segundos: chargeback.

Eu acredito que o risco de chargeback é o menor dos motivos. Há dois mais proeminentes:

— Ao vender por cartão, a operadora vai morder uma taxa de administração. Coisa de 2 a 3% atualmente, mas não há muito tempo, chegava a 5%. E o Código de Defesa do Consumidor é claro em proibir que se cobre preços diferentes em função da forma de pagamento. Repassar a taxa para o cliente é ilegal. 

— Toda movimentação em cartão vai para a Receita Federal. Antigamente, quando o uso de cartão de crédito não era difundido, tinha loja declarando 90% da operação em cartões de crédito. Isto era bandeira que o resto era sonegado. Mas hoje, com pagamentos eletrônicos difundidos, uma operação num shopping pode muito bem chegar nestes patamares sem configurar sonegação.

O site vendendo cryptowallet, além de constar estes dois itens, também quer provar o ponto que devemos adotar cryptos para escambar coisas por aí.

Há risco de chargeback? Já fui vítima. Em 15 anos, uma única vez. O dono do cartão pediu estorno alegando desvio dos dados. A operadora normalmente assume o rojão, mas desta vez, não.

Depende muito da operadora. Cielo e Master tem algoritmos que bloqueiam antes de aprovar a venda. Daí você pega a ZapiCred em Quixeramobim do Leste, seu algoritmo se limita a não deixar passar vendas acima de certo limite.

Esta semana, na passarela da burrice brasileira, o Twitter, um rapaz veio todo pimpão ostentar seu primeiro cartão de crédito. Como ele não era a faca mais afiada do faqueiro, postou a foto do número, validade e CVC.

No dia seguinte, estava com uma fatura de R$ 5 mil para pagar e não fazia a mínima ideia como isto foi acontecer. O cartão? Panamericano. 

Guilherme Silva

unread,
Apr 14, 2021, 8:15:29 PMApr 14
to ar...@googlegroups.com
O site vendendo cryptowallet, além de constar estes dois itens, também quer provar o ponto que devemos adotar cryptos para escambar coisas por aí.

Ah, não tinha entendido que era isso. Por alguma razão, a resolução do anexo veio no meu celular de forma que não consegui abrir. Então não deve ser isso mesmo.

Achei que ele tava tentando comprar alguma moeda virtual.


Há risco de chargeback? Já fui vítima. Em 15 anos, uma única vez. O dono do cartão pediu estorno alegando desvio dos dados. A operadora normalmente assume o rojão, mas desta vez, não.

Mesmo com loja online ou só loja física?  Até onde sei, os percentuais de chargeback para lojas online são bem grandes.

Irapuan Martinez

unread,
Apr 14, 2021, 8:33:11 PMApr 14
to Lista ArqHp
Em qua., 14 de abr. de 2021 21:15, Guilherme Silva <guilherm...@gmail.com> escreveu:
Há risco de chargeback? Já fui vítima. Em 15 anos, uma única vez. O dono do cartão pediu estorno alegando desvio dos dados. A operadora normalmente assume o rojão, mas desta vez, não.

Mesmo com loja online ou só loja física?  Até onde sei, os percentuais de chargeback para lojas online são bem grandes.

Novo normal pandêmico: Não existe mais loja física. Com lockdown, WhatsApp e Instagram (“lives”) viraram a vitrine.

Redes estão adotando a estratégia “360°”, vendendo on line e retirando no ponto de venda.

O varejo não vai mais ter limite entre loja on line com loja física.

Como me passaram a perna? Ligaram interessado, passou o cartão por telefone, mandamos entregar e… estorno.

Demos queixa com o endereço de entrega e vão instalar ar condicionado no inferno no dia que a polícia civil for bater na porta deles. Assumiram que só alimentam estatística.

Guilherme Silva

unread,
Apr 14, 2021, 9:49:28 PMApr 14
to ar...@googlegroups.com
Novo normal pandêmico: Não existe mais loja física. Com lockdown, WhatsApp e Instagram (“lives”) viraram a vitrine.

Redes estão adotando a estratégia “360°”, vendendo on line e retirando no ponto de venda.

O varejo não vai mais ter limite entre loja on line com loja física.

   O professor Dan Ariely tem muitos estudos sobre irracionalidade que realmente valem a pena ser lidos. Acredito que um dos seus livros é "desonestidade das pessoas honestas", que ele mostra como as pessoas acreditam que roubar um pouquinho não é um problema, ou ao menos não as torna auto-percebidas como desonestas. Se me lembro bem, um dos experimentos pede para uma pessoa jogar os dados duas vezes (teoricamente escondido) e dizer o número que saiu na segunda jogada, que o participante ganharia o equivalente em dólares. A maior parte das pessoas rouba nesse experimento - mas dizendo o maior  número entre os dois sorteios. A conclusão que o professor tira disso é que "quase foi", "poderia ter sido" são justificativas para sermos desonestos.

Dentro dessa lógica - tem um monte de experimentos bacanas - outro que lembro é que pagar diretamente em dinheiro faz o nível de cheating diminuir. As pessoas não gostam de roubar dinheiro. Mas se você troca o dinheiro por fichas que são trocadas por dinheiro (é a mesma coisa, mas psicologicamente não é exatamente igual), o nível de desonestidade aumenta.

Nessa parte, uma das conclusões dele é que cartão de crédito aumenta a desonestidade das pessoas por estar mais distante do dinheiro.

De qualquer forma, isso tudo é para falar do experimento que eu tinha na cabeça: você ir até uma loja passar um golpe é psicologicamente mais caro que mandar vir uma mercadoria on-line. E mesmo nesse modelo entrega-em-casa-e-passa-o-cartão-com-senha me parece psicologicamente menos distante que uma compra no mercado livre. Por isso a dúvida; o que eu acreditava por alguma razão (acho que li em algum cantão da internet) é que o chargebacks em alguns marketplaces chegava na casa dos 5%, pois fraudes eram muito comuns. Com teu feedback, agora me parece absurdamente exagerado.

Que bom que as pessoas não são tão desonestas quanto eu achava. Mas sigo na minha lógica: se você estiver vendendo cartões de loteria que ficam completamente sek valor de uma jora para outra ou pirâmides financeiras de qualquer sorte, ou qualquer bem perecível não-físico.... pense bem que a taxa do cartão não é só a da operadora do cartão. 

Irapuan Martinez

unread,
Apr 14, 2021, 11:44:11 PMApr 14
to Lista ArqHp
Em qua., 14 de abr. de 2021 22:49, Guilherme Silva <guilherm...@gmail.com> escreveu:
que ele mostra como as pessoas acreditam que roubar um pouquinho não é um problema, ou ao menos não as torna auto-percebidas como desonestas.

“Consciência é a voz dentro da cabeça que diz ‘alguém pode estar vendo’” — H. L. Mencken.

Temos toda uma história de filosofia moral dizendo hora que o homem nasce bom; hora nasce mal; hora nasce “tabula rasa”.

Quem eu acho que acertou? A Economia. 

A Moral diz como a vida deveria ser. A Economia demostra como ela realmente é. E em Economia, se toma como princípio que o ser humano age baseado em incentivos.

As pessoas são desonestas porque existe incentivo. Pequenos atos de desonestidade implicam em pequenas penas. E invariavelmente, redunda na desculpa esfarrapada “e o pessoal de Brasília que rouba muito mais”?

Mas só o incentivo não explica, senão todos seriam desonestos. Aí entra a moral de resultados: Princípios. Diferente da moral ostentação, a religião. Nesta, se é moral para ganhar o caramelo póstumo. 

Tem gente com princípio que acha que baixar bit torrent de séries é tão errado quanto roubar uma carga de tanques de oxigênio para Manaus.


Dentro dessa lógica - tem um monte de experimentos bacanas - outro que lembro é que pagar diretamente em dinheiro faz o nível de cheating diminuir. As pessoas não gostam de roubar dinheiro. Mas se você troca o dinheiro por fichas que são trocadas por dinheiro (é a mesma coisa, mas psicologicamente não é exatamente igual), o nível de desonestidade aumenta.

Anos atrás, estava procurando uma casa para alugar, o agente imobiliário me mostrou duas casas. Uma mais cara, porque tinha cerca elétrica.

Questionei se a cerca elétrica realmente impediria uma invasão. O agente então me disse uma coisa:

Ladrões não gostam de dar duro. Se gostassem, teriam empregos honestos. Se tem duas casas, uma com cerca elétrica e outra não, ele vai entrar na que não tem.

Golpes envolvendo dinheiro dá trabalho. Geralmente você tem que coagir a vítima. O ladrão fica exposto.

Diferente de alguém que passa os números de cartão de crédito à distância.


Nessa parte, uma das conclusões dele é que cartão de crédito aumenta a desonestidade das pessoas por estar mais distante do dinheiro.

Imagino que todos os dias, existe muito mais gente tentando passar cartões roubados, geradores de cartão ou estornado pagamentos do que tentando pagar notas de R$ 3.
Reply all
Reply to author
Forward
0 new messages