Mensagem a novos correntistas - O que acham ? - Banco Solidário e Virtual de Produtos e Serviços

0 views
Skip to first unread message

Luiz Antônio Vieira Spinola

unread,
Nov 11, 2009, 9:45:45 PM11/11/09
to ambiente...@googlegroups.com, grupo Jornal dos Grupos-Ambiente, Ambiente Social, Ambiente Boletim Diário
 
Olá !!
 
Ely, Naíma, Luiz Eduardo, Sellen, e outros que acessarem :
 
 
Se você estiver com pressa, então envie :
 
1 - Nome do produto ou objeto que deseja disponibilizar.
2 - Descreva como é, ou está, o seu produto(s). Se achar que é necessário, faça mais esclarecimentos.
3 - Diga qual o valor de troca que quer por este(s) produto(s).
4 - Se desejar ( é bom !! ) envie uma foto de cada produto/objeto.
5 - Se desejar, envie o seu email ou site para ser publicado, a fim de que pessoas  não  correntistas comprem o seu produto ou serviço diretamente. Não há problemas.
6 - Para serviços, os mesmos itens acima, porém leia antes "SERVIÇOS", abaixo.
 
Envie para :
ambiente...@googlegroups.com (Propomos que este banco seja de operações transparentes). Logo teremos um email para você enviar dados restritos, como o endereço completo.
 
 
Um abraço solidário a todos !!,
 
Luiz Antonio
 
 
Se vc estiver com disponibilidade de tempo, então é muito bom ler  o que segue....
 
 
Estamos construindo esta experiência, o Banco Virtual e Solidário de Produtos e Serviços.
 
Vou criando conceitos e regras, mas devem entender como propostas. Enquanto não houver outras sugestões ou consensos, ficam valendo as que estou propondo. Pois, de outra forma, o barco não navega !!
 
O que vocês acham deste modelo de mensagem a novos correntistas ? :
(é pra vcs também !!)
 
 
 
Olá !!
 
 
Bem-vinda(o) ao Banco Virtual e Solidário de Produtos e Serviços !!
 
 
O seu cadastro foi aprovado por indicação de uma(um) correntista ou por análise das informações enviadas por você.
 
O primeiro passo agora é você enviar-nos as informações sobre quais produtos e/ou serviços você irá disponibilizar. Estas informações, depois de completas, serão adicionadas à Página de Divulgação :
 
 
PRODUTOS :
 
1 - Podem ser disponibilizados : objetos artísticos, produtos artesanais de utilidade, produtos resultantes de pequenas fábricas familiares, CDs ou DVDs com conteúdos "pesados" em Megabytes, provenientes principalmente de própria produção em áudio ou vídeo. Inúmeros são os infoprodutos que poderão ser disponibilizados !! Observe-se as restrições impostas pelos Correios. Quaisquer coisas usadas, de tamanho e valor que compensem o envio pelo correio, devem ser de tal natureza que não ofereçam risco de quebra quando estão sendo transportadas.
OBS : Por enquanto sabemos que as tarifas de remessa variam entre R$4,50 (para CDs ou DVDs) até mais de trinta reais, dependendo do tamanho, peso e se vai por sedex ou não. Só pode enviar para ser paga a tarifa pelo recebedor se for por sedex. Estes problemas e detalhes de remessas pelo correio serão esclarecidos posteriormante.
 
2 - Para garantir a confiabilidade do sistema, pede-se citar pormenorizadamente o estado do objeto ou produto, como aparência externa, funcionamento e mesmo restrições ou possíveis defeitos. O ideal é disponibilizar produtos novos ou em ótimo estado, que correspondam realmente às descrições fornecidas.
Envie, por este motivo, uma frase descritiva do produto/objeto, procurando ser o mais real possível, e não como no mercado comum, onde muitas propagandas utilizam-se de "técnicas de marketig ludibriantes". O intuito da página de divulgação é informar.
 
3 - Quanto ao valor do produto : Tudo  no banco solidário é proposto. Então você deve propor que seu produto deve ter um valor de troca de R$.....(reais). Se transcorridos 30 dias constatar-se que a razão de uma eventual não solicitação do seu produto/objeto for devido a um valor elevado, então você mesmo, o agente de intermediação do banco ou outros correntistas deverão propor uma redução do preço, (ou melhor, do valor de troca).
 
4 - Uma foto do produto, ou produtos, é interessante para inclusão na página de divulgação, juntamente com a frase descritiva, porém não é obrigatória.
 
5 - Quanto a CDs ou DVDs : Séries de fotos, vídeos e coleção de arquivos formatados e de bom conteúdo educacional, artístico, cultural ou outros. Sugere-se que conteúdos úteis de até 20 Megabytes, mais ou menos, sejam publicados gratuitamente em sites da internet. Acima disto é que devem ser disponibilizados como infoprodutos. Porém, isto não é regra.
Observe que a página de divulgação do banco será uma opção a mais para você "vender" o seu produto.
 
6 - A adicionar.... ( faça sugestões ou perguntas que irão induzir novas regras ou orientações).
 
 
SERVIÇOS :
 
1 - Muitos são os serviços que você pode oferecer para serem prestados via internet. Podemos designá-los de "infoserviços". Consultas e assessorias de várias naturezas; cursos diversos, correções e melhorias em textos, etc....Estimula-se a prática da livre e gratuita disseminação do conhecimento. Portanto, sugerimos que você preste serviços que não poderiam ser feitos de outra forma, isto é, que não são resultantes de simples envio de informações pré trabalhadas e repetitivas. Estas, podem ser publicadas e acessadas gratuitamente. Os infoserviços devem pressupor um trabalho real executado especialmente para os solicitantes.
 
2 - Envie o valor proposto para o seu serviço.
Uma das características mais importantes de um verdadeiro banco solidário é o princípio da aproximação de valores de mão-de-obra. Considera-se que, para se alcançar uma justiça social mais completa, seja necessário não apenas políticas públicas de maior distribuição de rendas, mas também uma conscientização e vivência, por parte da sociedade, de princípios de maior equanimidade na valoração dos serviços. Ler, por ex, PROCURAM-SE  : (ou no Google, digitar "auto-desapropriação")
Desta forma, propõe-se que adotemos a regra do serviço máximo não exceder ao mínimo em mais de 100%, ou seja, entre os correntistas, o serviço de valor máximo não ultrapassará o dobro do valor do serviço mínimo. Ainda em outras palavras, serviços simples serão sempre a metade dos serviços de muita especialização. No mercado capitalista de trabalho comum uns chegam a ganhar até 100 vezes mais que outros (a maioria) (por ex, relação  min = R$465,00 e máx. = R$46.500,00, ou 100 vezes mais). Não é um absurdo ?  
Estamos propondo duas vezes mais. Por exemplo, que alguém, de profissão simples, possa ganhar o mínimo de R$6,00 por hora = R$48,00 por dia = 960,00 por um mês de 20 dias úteis (48 X 20 = 960) ....(Valores em nov/2009)
E que alguém, de profissão ou serviço mais especializado, possa ganhar entre R$960,00 a R$1920,00.
Esta proposta, com certeza, aproxima os valores de serviços entre os correntistas, e esta é uma importantíssima característica do banco solidário !! 
 
3 - Como valorar, então, o seu serviço :
O seu serviço pode ser por hora ou por tarefa. Se por hora, fica mais fácil. Por ex, para a correção de textos, defina que vc gasta uma hora para revisar até quatro páginas. Então você pode pedir, como valor de troca do seu serviço, a quantia de R$10,00 por hora, ou por textos entre uma a quatro páginas (seria um valor mínimo para textos pequenos). Oito páginas seriam 20 reais, e assim sucessivamente. No final, some mais uma hora para cobrir tempo de contatos e administrativos. Neste último caso, a correção de oito páginas ficaria por 30,00 reais.
Se o seu serviço for por tarefa, fazer o mapa astral por ex., então tenha uma noção aproximada de quanto tempo você gasta para fazer um mapa astral bem feito. Some a este tempo mais uma hora para cobrir imprevistos e contatos administrativos. Digamos que você chegue a 4 horas e deseja valorar o seu serviço em 8,00 reais por hora. Então 8 X 4 = R$32,00 reais por consulta para mapa astral. Se você considera que o mapa astral merece a valoração máxima, pode propor, não há problemas. A valoração máxima, agora, é de R$12,00 por hora.( o dobro de R$6,00).
 
INFORME SE DESEJA QUE O SEU EMAIL, OU SITE DE VENDA, SEJA INCLUÍDO NAS INFORMAÇÕES DO SEU PRODUTO(S) OU SERVIÇO(S), NA PÁGINA DE DIVULGAÇÃO DO BANCO.
 
Não há problemas você vender diretamente a pessoas não correntistas que queiram comprar ou contratar !!
 
 
Aguarde mais esclarecimentos. Se você tiver dúvidas, ou se desejar fazer sugestões, envie uma mensagem ao grupo :
 
EM "PÁGINAS"  DO GRUPO AMBIENTE SOLIDÁRIO, VOCÊ ENCONTRARÁ VÁRIAS POSTAGENS E ARTIGOS COM ESCLARECIMENTOS GERAIS :
 
 
 
Hall de Entrada dos Grupos-Ambiente :
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Luiz Antônio Vieira Spinola

unread,
Nov 12, 2009, 7:06:59 AM11/12/09
to ambiente...@googlegroups.com, isa...@gmail.com
Oi Luiz Eduardo !!
 
 
Tranquilo !!
 
Ontem fui no correio verificar tarifas e te confesso que fiquei um pouco desanimado. Mas foi momentâneo !!...Devido aos preços mais altos (imaginava menos) e ao fato de só poder enviar a cobrar (destinatário pagar) se for por sedex, que também é mais caro. Isso vai limitar as transações, mas tudo bem. Produtos ou coisas de mais valor, por ex, algo que vale 40,00 compensa pagar 8,00 de remessa (20%).  Produtos de valor inferior a 40,00, principalmente se forem de maior tamanho ou pesados, não compensa muito enviar. CDs e DVDs não tem problema. Fica entre 4,00 a 6,00 para enviar.
 
Quanto à tarifa, em princípio, quem deve pagar é o recebedor. Mas como o correio só faz a cobrar para sedex, então a única saída que me parece possível é quem solicita enviar o número de sua conta bancária para o disponibilizador a fim de fazer um depósito no valor da tarida de remessa. Porque quem envia o produto, em sua maioria, já vai estar sendo solidário, pois, naquele momento, nada estará recebendo em troca. Não sei se estou certo....
 
Creio que este grupo e esta experiência de um banco virtual devem ir em frente, e a gente se esforçar para dar tudo certo, mesmo que apareçam alguns contratempos. Vale a pena, pois, de qualquer forma, estaremos desenvolvendo algo prático que servirá também para inspirar outras experiências, além de estar difundindo conceitos que defendemos, como um mundo sem dinheiro e os princípios de solidariedade, moeda solidária, uma nova economia, etc.
 
Falar nisso, Um Mundo Sem Dinheiro tem muito a ver com estas novas organizações populares que estão surgindo. No Banco que estamos construindo, por exemplo, poderá ter até uma moeda, como o "laboro" que estou propondo, mas como muitas de suas regras são baseadas na solidariedade, com certeza a utilização desta moeda, mesmo que virtual, será em fluxo bem menor que na economia comum. Conclusão : estamos colaborando para um passo à frente : um mundo com menos dinheiro. Além disso, como são iniciativas populares, e mesmo que oficializadas, sua tendência é atender grupos de pessoas, ou seja, é descentralizado (sejam grupos virtuais ou reais) Isso refletirá o real potencial de riqueza de cada comunidade. Também os benefícios ficam concentrados na localidade. Ou, no nosso caso, os benefícios ficam concentrados no nosso grupo de correntistas. Pode haver uma certa abertura, também. Enfim, creio que estas iniciativas são um passo para Um Mundo Sem Dinheiro.
 
Vou pedir à Tatiana que me permita importar todos os tópicos de discussão do grupo da Ipê "Um Mundo Sem Dinheiro", a fim de criar um outro onde se concentre apenas aquele assunto. Os tópicos que tratam exclusivamente deste assunto são poucos. Devem ser uns 12. Isso enriquecerá nossas pesquisas e facilitará a divulgação destes princípios.
 
Um abração solidário, Luiz
 
Luiz Antonio
 
 


--- Em qui, 12/11/09, Luiz Santa <lsa...@gmail.com> escreveu:

De: Luiz Santa <lsa...@gmail.com>
Assunto: Re: {Ambiente Solid.:10} Mensagem a novos correntistas - O que acham ? - Banco Solidário e Virtual de Produtos e Serviços
Para: ambientesol...@googlegroups.com
Data: Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009, 9:03

Oi Luiz, ainda preciso de ver quais poderiam ser os meus produtos. O mais dificil é definir valores. 
Vou ler o artigo abaixo e ver se tem mais dicas.

abraço
Luiz Eduardo
 

 
2009/11/12 Luiz Antônio Vieira Spinola <tuigo...@yahoo.com.br>
Desta forma, propõe-se que adotemos a regra do serviço máximo não exceder ao mínimo em mais de 100%, ou seja, entre os correntistas, o serviço de valor máximo não ultrapassará o dobro do valor do serviço mínimo. Ainda em outras palavras, serviços simples serão sempre a metade dos serviços de muita especialização. No mercado capitalista de trabalho comum uns chegam a ganhar até 100 vezes mais que outros (a maioria) (por ex, relação  min = R$465,00 e máx. = R$46.500,00, ou 100 vezes mais). Não é um absurdo ?  
Estamos propondo duas vezes mais. Por exemplo, que alguém, de profissão simples, possa ganhar o mínimo de R$6,00 por hora = R$48,00 por dia = 960,00 por um mês de 20 dias úteis (48 X 20 = 960) ....(Valores em nov/2009)
E que alguém, de profissão ou serviço mais especializado, possa ganhar entre R$960,00 a R$1920,00.
Esta proposta, com certeza, aproxima os valores de serviços entre os correntistas, e esta é uma importantíssima característica do banco solidário !! 
 
3 - Como valorar, então, o seu serviço :
O seu serviço pode ser por hora ou por tarefa. Se por hora, fica mais fácil. Por ex, para a correção de textos, defina que vc gasta uma hora para revisar até quatro páginas. Então você pode pedir, como valor de troca do seu serviço, a quantia de R$10,00 por hora, ou por textos entre uma a quatro páginas (seria um valor mínimo para textos pequenos). Oito páginas seriam 20 reais, e assim sucessivamente. No final, some mais uma hora para cobrir tempo de contatos e administrativos. Neste último caso, a correção de oito páginas ficaria por 30,00 reais.
Se o seu serviço for por tarefa, fazer o mapa astral por ex., então tenha uma noção aproximada de quanto tempo você gasta para fazer um mapa astral bem feito. Some a este tempo mais uma hora para cobrir imprevistos e contatos administrativos. Digamos que você chegue a 4 horas e deseja valorar o seu serviço em 8,00 reais por hora. Então 8 X 4 = R$32,00 reais por consulta para mapa astral. Se você considera que o mapa astral merece a valoração máxima, pode propor, não há problemas. A valoração máxima, agora, é de R$12,00 por hora.( o dobro de R$6,00).
 
INFORME SE DESEJA QUE O SEU EMAIL, OU SITE DE VENDA, SEJA INCLUÍDO NAS INFORMAÇÕES DO SEU PRODUTO(S) OU SERVIÇO(S), NA PÁGINA DE DIVULGAÇÃO DO BANCO.
 
Não há problemas você vender diretamente a pessoas não correntistas que queiram comprar ou contratar !!
 
 
Aguarde mais esclarecimentos. Se você tiver dúvidas, ou se desejar fazer sugestões, envie uma mensagem ao grupo :
 
EM "PÁGINAS"  DO GRUPO AMBIENTE SOLIDÁRIO, VOCÊ ENCONTRARÁ VÁRIAS POSTAGENS E ARTIGOS COM ESCLARECIMENTOS GERAIS :
 
 
 
Hall de Entrada dos Grupos-Ambiente :
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes
Reply all
Reply to author
Forward
0 new messages