Por que Deus sempre responde a's preces, por Romano Amodeo

0 views
Skip to first unread message

amoram

unread,
Aug 18, 2008, 2:03:37 AM8/18/08
to AfilosofiaMOR
A vossa pergunta é: "Por que Deus que jamais responde às preces?"

Deveis pensar que cada única possibilidade em um SISTEMA INTEGRAL (uma
coluna vertical) é sempre "perfeitamente equilibrada" das outras
todas, e este é - deveras! - como a segura resposta de Deus ao caso de
que é em ação (numa só linha de ação geradora ativa, do tipo pai-filho
ou causa-efeito) e está orando a Deus.
Esta resposta segura, de Deus, a cada pergunta, a cada possível prece
dos homens (como do INTEIRO SISTEMA a cada possibilidade em coluna) é
assim livre que DEUS não é como um puro mecanismo, um gerador obrigado
a valorizar somente a mecânica real da natureza.

Deus - também na linha conceitual dos ideais - é assim livre que, se a
necessidade absoluta do SISTEMA é de transformar 5 páếs e 3 peixes em
uma imensa quantidade, o MESMO SISTEMA ONIPOTENTE QUE é DEUS equilibra
este querer de Jesus (uma das possibilidades em colunas) e realiza
este absoluto "salto" e não respeita as leis da natureza, pelo maior
respeito acerca dos ideais absolutos . Os ideais vão sempre antes das
leis materiais, porque a Natureza material é um fruto da mente e não
vice-versa.
Esta capacidade de Jesus - de fazer evidentes milagres divinos,
transcendentes as leis da Natureza material - apresenta-se pelo poder
divino das intenções atribuídas (pelo mesmo SISTEMA COMO DEUS PAI),
neste único caso, ao Filho Único deste Deus..., e assim acontece um
grande milagre, no real respeito desta divina atribuição da divina
descendência.

Todos ficam admirados mas isso existe porque, no SISTEMA de todas as
possibilidades, deve ser absolutamente incluso também, como realmente
presente, o que é "o Deus UNO e TRINO de todas as possibilidades". Se
não fosse assim, no SISTEMA DE TODAS AS POSSIBILIDADES faltaria
precisamente... o MESMO SISTEMA.

Como a presença real da possibilidade - única - do Filho único do
SISTEMA deve ser presente no Sistema (porque sem essa o SISTEMA DE
TODAS AS POSSIBILIDADES não as conteria), assim é acerca da real
presencia do Espírito santo ... e assim, ainda, é acerca da presencia
do Pai único e Trino.
Se todas estes três "gerais" possibilidades (iguais e bem distintas
uma da outra) não fossem - cada uma - numa única coluna de presença
do SISTEMA, este SISTEMA não com-teria em se mesmo TODO O POSSÍVEL...
mas - e seria um verdadeiro paradoxo! - não conteria... precisamente
SE MESMO.


O que aconteceu, então, com a presença de Jesus?

Jesus é um 10 todo especial, todo poderoso e Único, o perfil do qual
mostra esta extraordinária capacidade de procurar "saltos" a respeito
da Relatividade Geral que é a Lei geral da Natureza material, sendo a
sua ideal vontade mais forte da Lei de Relatividade Geral de Einstein.
Digo tudo dizendo que "Jesus é o DONO DO SÁBADO"!
É a real presença do Filho do Senhor de TODO O SISTEMA, onde o FILHO
"desta coisa ABSOLUTA" indica aquela única "pessoal" possibilidade, do
SISTEMA, de ser: seja pessoalmente Dono (do SISTEMA) seja pessoalmente
SERVIDOR (do mesmo) no mesmo tempo.
No SISTEMA no qual todas as possibilidades são iguais e distintas,
nenhuma outra possibilidade pode ser como esta, deveras única, de um
ser pessoal como aquele de um PATRÃO-SERVIDOR.

Romano Amodeo
Reply all
Reply to author
Forward
0 new messages