Temos um Deus real ou também Ele é uma pura imaginacao? Por Romano Amodeo

0 views
Skip to first unread message

amoram

unread,
Aug 18, 2008, 2:15:55 AM8/18/08
to AfilosofiaMOR
E' real este Deus, ou também Ele é uma pura imaginação?

A resposta a esta pergunta é fácil.
"COGITO, ERGO SUM", ou seja "Penso, logo existo"... e, como o DEUS "EU
SOU" (Jahve), SOU "EU MESMO", na minha somente "divina" possibilidade
de SER, em quanto é uma possibilidade a qual certamente "transcende"-
me.

Eu, na verdade, não posso SER fora do Deus do SER, que é o SISTEMA
INTEGRAL DE TODO O POSSÍVEL E IMPOSSÍVEL.

Se EU também SOU, este fica assim porque eu mesmo SOU 10, e POSSO
gerir ESTE SISTEMA DECIMAL, sendo eu mesmo bem apoiado sobre o 10.
Assim este 10 APARECE SER VIVENTE como POR ISSO, isto é se reconhece
UM "EU SOU", existente na divina possibilidade de criar tudo pelo 0,
pelo nada, tanto que - começando de uma pura seqüência de 0 e de 1,
como por es. esta: 0010101110100100111... - a mente deste homem que se
reconhece "EU SOU" pode inventar coisas que não existem em si mesmas,
como a luz e a sua cor, o som, o sabor, o odor... dando reais
qualidades a esta pura seqüência de simples 0 e 1.
Os homens são assim tanto no mesmo poder de Deus..., que inventam
também o amor e todos os sentimentos do coração. Na verdade das
coisas, onde está o amor e cada sentimento, nesta série
0110010001001010?

Assim, nós somos os Criadores relativos da forma deste mundo assim
como isso nós aparece.
Este mundo fica verdadeiro na "divina" capacidade - também nossa - de
conferir um "sentido real" ao puro e inteiro diferenciar-se de uma
colossal e todo poderosa possibilidade binária.
Nós tomamos uma grande quantidade de 01 e os apresentamos através de
modelos formais, de coisas, de vidas e de ideais. Mas os ideais são
sempre juntos aos destinos reais das pessoas compreendidas como
figuras reais. O BEM não existe por isso sem não é traduzido numa
pessoa ou uma coisa que "passa a ser" de o MAL até o BEM, tanto que,
"antes na saúde, depois passa a ser doente".
Todos os sentimentos vivem assim só na relação concreta com a vida
real das pessoas ou das coisas reais.

No SISTEMA INTEGRAL de todas as possibilidades e impossibilidades,
todas as vezes nas quais um 10 aparece presente como um EU QUE
VIVESSE, ele se reconhece e vive. Também os outros "EU", o reconhecem
como "ele".
Estes números 10 ficam realmente vivos, porque todo o "ser" e o
"acontecer", que os concerne (somente entre todas as várias
combinações dos 2 só possibilidades: de ser EM POTÊNCIA ou EM ATO,
quanto e como 0 ou quanto e como 1), pode ser realmente assim
representado, mediante os pensamentos, palavras e obras de um mundo
virtual que em todo consiste... NA PURA POTÊNCIA DO CICLO 10, de dez
unidades, que podem ser somente 0 ou 1.
Estas "almas 10 viventes" são como tantos Deuses (potência "absoluta")
que porém assumiram a suma cruz do ser na potência "relativa" de
10^1.000 possibilidades unitárias. Assim são verdadeiramente como
Filhas de Deus, no caminho de afastar-se pessoalmente desta cruz, e
voltar a ser o único Deus, como mediante uma verdadeira herança de
todo o Sistema das Possibilidades, assim como configurado em pessoas.

Porém este Deus não é uma pura e impotente Idéia das pessoas.
O Deus Todo Poderoso é a UNIDADE do Sistema das Possibilidades, que é
assim VERDADEIRA que traze, "a UM", todo o diferente de um. Esta FORÇA
SUMA é verdadeira e se explica mediante uma real relação entre o
SISTEMA ABSOLUTO e aquele RELATIVO.

Os nossos sentimentos, reduzidos nas suas fundamentais essências, são
somente números relativos, aos quais o SISTEMA ABSOLUTO replica em
modo perfeitamente adequado. Assim a resposta real, dada as perguntas
e aos sentimentos da minha vida real, passa mediante a "vida divina"
de todo o Sistema, realmente apresentada - e necessariamente - só
mediante todos os meus mesmos conceitos.
Se EU não fosse deveras RELATIVO ao ABSOLUTO, o SISTEMA ABSOLUTO não
responderia aos meus "números", cada um representado como cada
pergunta minha ... de todos os tipos, reais e ideais. Assim - sendo eu
verdadeiramente relativo a Isso - ESTE DEUS DE TODAS AS POSSIBILIDADES
responde pontualmente (mediante números, por mim indecifráveis, porque
números complexos, positivos-negativos) as minhas "palavras,
pensamentos e obras" ( também números, mas que conheço, sendo números
reais, só positivos)!

A resposta certa, mas "divina" e "transcendente" as aparências, de
TODO O SISTEMA-DEUS, DAS INTEIRAS POSSIBILIDADES, se apresenta como
realmente apresenta-se a nós mediante todos os acontecimentos da vida
real, os quais nos parecem ser divididos em bem e mal, mas não é
assim, é sempre BEM. Quase sempre a resposta do SISTEMA-DEUS se
apresenta a nós como não nos agrada. Essa é uma resposta Absoluta que
considera não somente o pequeno tempo que nós reconhecemos como "o
presente", ou o "imediato futuro". Não, é aquela resposta,
absolutamente cheia de sabedoria, que conta o tempo de toda a
ETERNIDADE e que considera sobretudo aquela infinita vida que
viveremos além desta vida real.

Romano Amodeo
Reply all
Reply to author
Forward
0 new messages