Gurudeva's message for the Sankirtan marathon

1 view
Skip to first unread message

Srivas Thakur Das

unread,
Dec 20, 2012, 3:15:30 PM12/20/12
to ParamGa...@googlegroups.com
Maratona de Sankirtana Brasil 2012.
Por: Param Gati Maharaj
 
Queridos devotos e devotas, por favor aceitem minhas humildes reverências e bênçãos do Senhor Krsna.
Todas as glórias a Srila Prabhupada.
 
Estamos agora no meio da maratona, e temos ainda duas semanas de néctar pela frente. Por que néctar ? Porque distribuir a misericórdia do Senhor Caitanya pelo mundo, aceitar essa missão, que é a missão de Srila Prabhupada, que é a missão do Guru-parampara e que foi trazida por Sri Krsna Caitanya Mahaprabhu diretamente do mundo espiritual (golokera premadana harinama sankirtana) é o néctar.

Anandambhudi-vardhanam (Sri Sri Siksastaka, verso 1),  como diz o Siksastaka, é o oceano de néctar que aumenta  cada vez mais.

Embora externamente possa parecer muito austero o fato de ir às ruas distribuir livros e receber respostas negativas, agressões, até mesmo físicas em alguns casos, agressões verbais, agressões pelos  olhares, agressões sutis, o fato de tolerar isso tudo e guardar no coração esse desejo de dar a oportunidade a outros de conhecer Krsna tem como resultado o reconhecimento do Senhor Supremo. Esse reconhecimento vem sob a forma do sentimento de prazer que o devoto experimenta ao distribuir livros.
 
São Francisco de Assis disse em sua famosa prece: “é dando que se recebe”.

 Assim, Krsna diz no Bhagavad-Gita: “Não há nesse mundo servo que Me seja mais querido do que ele (aquele que distribui esse conhecimento), tampouco jamais haverá alguém mais querido” (na ca tasman manusyesu kascin me priya-krttamah, bhavita na ca me tasmad anyah priyataro bhuvi - Bg. 18-69).
 
Essa é a essência do movimento de Sankirtana: compartilhar aquilo que temos. Se o devoto recebe Krsna ele não quer “guardar” Krsna para si só, ele quer que outros tenham essa oportunidade de se livrar das ansiedades materiais através do canto dos Santos Nomes.
 
Agora estamos nos aproximando do Natal, uma época que em tese seria para cultivar qualidades de Sattva-guna, mas o que vemos em geral é a tendência neste período do aumento das qualidades de Rajas e Tamas. Isso traz muitas consequências negativas, tais como a violência em diferentes níveis: pessoal,  familiar,  social, ecológica, etc., e os significados Bhaktivedanta tem o poder de aproximar Krsna das pessoas.
 
Srila Prabhupada fez um trabalho único, que foi descodificar os herméticos Sastras Védicos e torná-los acessíveis ao mundo em geral. Notemos que quando falamos de “mundo em geral”, inclui-se  a Índia. Porque na Índia também existe muita especulação a respeito da mensagem de Sri Krsna no Bhagavad-Gita, dos ensinamentos do Srimad-Bhagavatam e de outros Sastras, e Srila Prabhupada descodificou-os e explicou-os de uma maneira única, fazendo com que povos de diferentes culturas pudessem compreendê-los.
 
Eu estou aqui na Índia participando ativamente da maratona de Sankirtana e tenho essa experiência em minhas viagens de pregação nas vilas pelo interior, em palestras a estudantes, etc., de ver como os significados Bhaktivedanta estão mudando gradualmente milhares de pessoas. Então, agir de alguma forma para que esses significados Bhaktivedanta possam estar acessíveis às pessoas em geral é o maior ato de caridade que se possa fazer.
 
A BBT (Bhaktivedanta Book Trust) está fazendo um trabalho maravilhoso criando diferentes fórmulas, diferentes meios para que os devotos possam participar da maratona de distribuição de livros. Eu gostaria de parabenizar a equipe da BBT por estar criando diferentes estratégias para que os devotos possam participar da distribuição de livros de forma direta ou indireta. Aqueles que não podem participar diretamente, podem mandar uma pequena doação para que os livros possam ser doados para diferentes organizações, pessoas, etc.
 
No entanto, eu gostaria de pedir aos devotos que reservem uma hora, por exemplo durante a noite (agora é verão no Brasil), e saiam pelas ruas ou vão de porta em porta,  ou encontrem  alguma  outra maneira  de distribuir ao menos um livro. Saiam num domingo à tarde, vão a um parque e levem alguns livros juntamente com a família e distribua-os. O prazer de ver alguém levando um livro para casa é imenso e indescritível, porque nós sabemos o efeito que esses livros irão fazer nos corações dessas pessoas.
 
Srila Prabhupada uma vez falou para Harikesha: “esses significados não foram escritos por mim.  É Krsna quem os dita. Essas palavras vêm de Krsna !”. Por isso, vamos meditar nisso tudo, na urgência de se espalhar o movimento de Sankirtana, para que as pessoas leiam os significados Bhaktivedanta.
 
Eu gostaria de agradecer a todos os devotos que estão, de alguma forma, participando da maratona e, assim iremos todos juntos aumentar esse oceano de néctar que é a distribuição dos livros de Srila Prabhupada para o benefício da humanidade sofredora.
 
Hare Krsna!
Reply all
Reply to author
Forward
0 new messages